Arqueólogos descobrem piramide gigante construída antes do grande diluvio na Romania

Mais arqueólogos acreditam ter se deparado com uma enorme pirâmide de 300 metros de altura na Romênia, de um tempo antes do “Grande Dilúvio”.


Um monte curioso da cadeia montanhosa de Buzau cativou a curiosidade dos arqueólogos depois de terem encontrado os restos do que eles acreditam ser outra pirâmide megalítica antiga. Os arqueólogos que atingiram o topo do suposto monumento descobriram vestígios de paredes megalíticas que consistem em três camadas de pedras sobrepostas coladas com argila, um material que oferece uma protecção extensiva contra as águas pluviais e é também uma excelente opção quando se ligam pedras. Provavelmente, o aspecto mais convincente desta estrutura foi a camada espessa de marrom avermelhado de material composto por óxidos minerais que revestiam a parede exterior da pirâmide. A julgar por este gesso que em alguns lugares cobria até mesmo as rachaduras entre as pedras, os pesquisadores puderam fechar a estrutura usando um método conhecido como radiestezia, que obteve resultados inesperados – as pedras pareciam ter entre 22 a 25.000 anos de idade .

Em vários outros lugares no lado da montanha, os arqueólogos encontraram mais pedras pertencentes a esta cultura desconhecida. As rochas pareciam ser cortadas artificialmente e as linhas retas indicavam ainda o possível uso de tecnologia avançada.

Poderia ter sido realmente uma pirâmide escalonada?

http://www.semprequestione.com/2017/02/arqueologos-descobrem-piramide-gigante.html#.WLF_TjsrKv8

Anúncios

Obrigado por seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s