Papa lamenta massacre em Manaus e pede condições “dignas de humanos” para presos   Leave a comment

avoutz30s9f8wy3u0lwxtx7lu

O papa Francisco fez orações, nesta quarta-feira (4), pelas vítimas da rebelião no presídio de Manaus, no Amazonas. Ao todo, 56 pessoas morreram durante o motim que aconteceu no Complexo Penitenciário Anísio Jobim (Compaj).

As orações aconteceram durante a primeira audiência geral de 2017. No final do evento, o papa declarou sentir “dor e preocupação” pelo que aconteceu.

“Ontem, chegaram notícias dramáticas do Brasil sobre o massacre ocorrido no presídio de Manaus, onde um violentíssimo confronto entre grupos rivais causou dezenas de mortes”, disse o pontífice.

“Exprimo dor e preocupação pelo que aconteceu. Convido a todos para rezar pelos mortos, pelos seus familiares, por todos os detentos daquele presídio e por aqueles que lá trabalham.”

Após um momento de silêncio, ele pediu que os presídios de todo o mundo “sejam locais de reinserção, que não sejam superlotados” e concluiu solicitando que todos rezassem uma Ave Maria.

“Renovo meu apelo para que os institutos penitenciários sejam locais de reeducação e de reinserção social e as condições de vida dos presidiários sejam dignas de pessoas humanas”, pediu o papa.

anigif-112111112211211121-11111111111111

 

 

Anúncios

Publicado 4 de janeiro de 2017 por amigoacarlos em Sem categoria

Etiquetado com

Obrigado por seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: